(51) 99600-2233   |      contato@endocrinologistamilene.med.br   |   

Dica da Semana

Sub-categorias

23-05-19

23-05-19 (0)

Mulheres tentando engravidar, gestantes e mulheres que estão amamentando não devem receber nenhuma medicação para perda de peso pelo risco de complicações para o bebê!

Ver itens ...
30-05-19

30-05-19 (0)

Quanto tempo o corpo precisa para se acostumar ao novo peso? Embora a medicina seja uma ciência de verdades transitórias, o que podemos afirmar até o momento, baseado nos estudos de até 6 anos de acompanhamento após a perda de peso inicial é que as alterações hormonais responsáveis pelo aumento do apetite e pela redução do gasto energético parecem persistir ao longo do tempo, sem adaptação após determinado período. Por isso, a continuidade das estratégias aprendidas para perda de peso são fundamentais para manutenção do novo peso!! 

Ver itens ...
06-06-19

06-06-19 (0)

A realização regular de qualquer tipo de exercício reduz o risco de desenvolvimento de hipertensão arterial assim como auxilia na redução da pressão em pacientes em tratamento para a doença. Para indivíduos ativos, existe uma redução de 30% no risco de desenvolver hipertensão arterial em relação aos sedentários. Ainda, a prática regular de atividade física é capaz de reduzir desfechos cardiovasculares, como infarto do miocárdio, independente da perda de peso!

Ver itens ...
25-08-2020

25-08-2020 (0)

Dentre os fatores de risco modificáveis para controle da pressão arterial (alimentação, redução do sódio, exercícios, consumo moderado de álcool e perda de peso), o emagrecimento é o que apresenta maior influência sobre a redução da pressão arterial. Para cada redução de 5% no peso, existe uma redução de 20 a 30% na pressão arterial!!!

Ver itens ...
25-08-2020

25-08-2020 (0)

Dentre os fatores de risco modificáveis para controle da pressão arterial (alimentação, redução do sódio, exercícios, consumo moderado de álcool e perda de peso), o emagrecimento é o que apresenta maior influência sobre a redução da pressão arterial. Para cada redução de 5% no peso, existe uma redução de 20 a 30% na pressão arterial!!!

Ver itens ...
25-08-2020

25-08-2020 (0)

Dentre os fatores de risco modificáveis para controle da pressão arterial (alimentação, redução do sódio, exercícios, consumo moderado de álcool e perda de peso), o emagrecimento é o que apresenta maior influência sobre a redução da pressão arterial. Para cada redução de 5% no peso, existe uma redução de 20 a 30% na pressão arterial!!!

Ver itens ...

08-08-2021

A maioria das fraturas ocorre em homens e mulheres com osteopenia ou baixa massa óssea. Abaixo, os principais fatores de risco para fratura, independente da massa óssea: 1. Idade avançada; 2. Fratura prévia com trauma mínimo; 3. Terapia crônica com corticoide; 4. Baixo peso (abaixo de 58 kg); 5. História familiar de fratura de quadril; 6. Tabagismo; 7. Consumo excessivo de bebidas alcoólicas.
Compartilhe nas redes sociais:

01-08-2021

Ecografia de tireoide não avalia a funcionalidade da glândula, não sendo, portanto, útil para avaliação de pacientes referindo sintomas compatíveis com hiper ou hipotireoidismo. Nestes casos, um TSH é suficiente na grande maioria dos casos! A ecografia de tireoide deve ser realizada de forma bastante criteriosa tendo em vista todo impacto negativo quando mal solicitada!
Compartilhe nas redes sociais:

24-07-2021

Estudos observacionais têm demonstrado menor risco de diabetes tipo 2 em indivíduos que ingerem regularmente 4 ou mais xícaras de café por dia em relação àqueles que ingerem menos do que 2 xícaras por dia!
Compartilhe nas redes sociais:

17-07-2021

Indivíduos com parentes de primeiro grau com diabetes tipo 2 apresentam um risco duas a três vezes maior de desenvolver diabetes comparados àqueles sem história familiar da doença. O risco chega a ser 5 a 6 vezes maior naqueles com história familiar materna e paterna!
Compartilhe nas redes sociais:

10-07-2021

Você sabia que dormir bem é importante para a manutenção de um peso saudável? Dormir poucas horas por dia (menos do que 6 horas) está associado ao aumento da fome e a maior vontade por alimentos ricos em gorduras e açúcares!
Compartilhe nas redes sociais:

03-07-2021

Atividade física representa a principal ferramenta que pode ser usada para manutenção do gasto calórico após a perda de peso!
Compartilhe nas redes sociais:

27-06-2021

Para mulheres com perda de massa óssea (osteopenia ou osteoporose), exercícios com algum impacto (caminhada, corrida), força ou resistência progressiva (musculação, pilates), cerca de 30 minutos, 3 vezes por semana, melhoram a massa óssea, reduzem o risco de quedas e fraturas!
Compartilhe nas redes sociais:

22-06-2021

Perder peso rapidamente não aumenta o risco de reganho rápido! O que define a recuperação do peso não é a velocidade de perda mas sim a adesão no longo prazo!
Compartilhe nas redes sociais:

15-06-2021

O consumo de creatina tem se mostrado efetivo na melhora do desempenho esportivo, principalmente em modalidades de curta duração, alta intensidade e períodos curtos de recuperação. A suplementação parece mais efetiva entre indivíduos com níveis iniciais baixos deste composto nos músculos, como vegetarianos e idosos. 
Compartilhe nas redes sociais:

08-06-2021

Você sabia que o consumo regular de 2 a 3 xícaras de café passado por dia deve ser encorajado em pacientes em risco de ou já com doença hepática instalada!! O café tem efeito hepato-protetor, reduzindo inflamação, fibrose e mesmo câncer de fígado em pacientes com doença hepática gordurosa! 
Compartilhe nas redes sociais:

01-06-2021

Não rotule os alimentos em "proibidos" versus "permitidos"! Ao rotular os alimentos você terá mais dificuldade no controle da alimentação. Quando comemos algo que consideramos “proibido” temos a tendência de comer de forma transtornada, sem controle e em excesso, uma vez que aquele alimento, por ser considerado proibido, nunca mais poderá ser ingerido!! Por isso, essa categorização em apenas 2 extremos, alimento bom ou ruim, de nada contribui para uma relação saudável com a comida! Entenda que simplesmente alguns alimentos você poderá comer mais e outros, menos! O segredo está em encontrar o equilíbrio!
Compartilhe nas redes sociais:

24-05-2021

Você sabia que, entre as mudanças no estilo de vida capazes de reduzir a pressão arterial, a perda de peso é a intervenção com maior impacto? Para cada 10 kg de peso perdido, a pressão arterial sistólica pode reduzir entre 5 a 20 mmHg!
Compartilhe nas redes sociais:

17-05-2021

Para indivíduos com excesso de peso, a medida da circunferência da cintura pode fornecer uma informação adicional do risco cardiometabólico. Indivíduos com aumento da circunferência abdominal (obesidade abdominal ou visceral) estão em maior risco de doença arterial coronariana, diabetes, hipertensão arterial, dislipidemia e doença gordurosa do fígado não alcoólica. 
Compartilhe nas redes sociais:

10-05-2021

Se você está com dificuldade em perder peso, preste atenção se o consumo de álcool não está lhe atrapalhando! O consumo de bebidas alcoólicas pode ser um fator limitante na perda de peso, especialmente entre as mulheres. Para se ter uma ideia, cada grama de álcool contém 7 kcal, uma quantidade quase duas vezes maior quando comparada ao carboidrato (4 kcal)! Traduzindo em números, 350 ml de cerveja (equivalente a uma latinha) contém aproximadamente 150 calorias e uma taça de vinho (150 ml), 130 calorias. A depender da quantidade consumida e da frequência, esse acréscimo de calorias pode fazer a diferença para aqueles que estão em um tratamento para controle do peso!
Compartilhe nas redes sociais:

02-05-2021

A melhor dieta é aquela que você consegue manter!
Compartilhe nas redes sociais:

25-04-2021

A exposição repetida a uma variedade de sabores é necessária para a aceitação de novos alimentos, especialmente entre os 2 a 5 anos de idade, fase do desenvolvimento em que a criança adquire maior autonomia sobre as suas escolhas. Estima-se que o mesmo alimento precisa ser oferecido entre 12 a 15 vezes, sob diferentes preparos e combinações, para que a criança comece a aceitá-lo em sua alimentação!
Compartilhe nas redes sociais:

18-04-2021

SuperCoffee ou café termogênico, basicamente corresponde ao café com adição de gordura. Trata-se de mais um modismo com ausência de quaisquer evidências científicas que justifiquem seu uso com o objetivo de melhora do desempenho físico ou com efeitos sobre o emagrecimento!
Compartilhe nas redes sociais:

11-04-2021

Pacientes com diabetes tipo 2 apresentam um risco até 3 vezes maior de fraturas em relação àqueles sem a doença. Por isso, o acompanhamento com o médico endocrinologista para controle dos principais fatores de risco, incluindo manejo da glicemia, avaliação das necessidades de cálcio e vitamina D, além da escolha da melhor abordagem terapêutica para tratamento da osteoporose é fundamental!
Compartilhe nas redes sociais:

04-04-21

Embora a cirurgia bariátrica seja a intervenção mais efetiva no longo prazo para o tratamento de pacientes com obesidade grau 3 (IMC ≥ 40 kg/m²), com uma perda média de 56% do excesso de peso em 10 anos, aproximadamente 25 a 35% dos pacientes não perdem o mínimo esperado ou recuperam parte do peso após a cirurgia. Dentre os principais fatores implicados nesta recuperação do peso é a não adesão a uma alimentação equilibrada e saudável, além do consumo de bebidas açucaradas e álcool!
Compartilhe nas redes sociais:

28-03-21

Mulheres com história de diabetes gestacional apresentam um risco quase 10 vezes maior de desenvolver diabetes tipo 2 nos cinco anos após o parto! Portanto, se você teve diabetes gestacional, procure ajuda profissional para controlar os fatores de risco que a colocam em maior risco de desenvolver o diabetes tipo 2, tais como controle do peso, reeducação alimentar e prática regular de atividade física!
Compartilhe nas redes sociais:
Pagina 1 de 15

  R. Dona Laura, 333/ 906, Moinhos de Vento - Porto Alegre/ RS  |     (51) 99600-2233  |    contato@endocrinologistamilene.med.br

© 2021 Dra. Milene Moehlecke. Desenvolvido por Informatiza Soluções Empresariais em parceria com a Agência Digital Public