(51) 99600-2233   |      contato@endocrinologistamilene.med.br   |   

Dica da Semana

Sub-categorias

23-05-19

23-05-19 (0)

Mulheres tentando engravidar, gestantes e mulheres que estão amamentando não devem receber nenhuma medicação para perda de peso pelo risco de complicações para o bebê!

Ver itens ...
30-05-19

30-05-19 (0)

Quanto tempo o corpo precisa para se acostumar ao novo peso? Embora a medicina seja uma ciência de verdades transitórias, o que podemos afirmar até o momento, baseado nos estudos de até 6 anos de acompanhamento após a perda de peso inicial é que as alterações hormonais responsáveis pelo aumento do apetite e pela redução do gasto energético parecem persistir ao longo do tempo, sem adaptação após determinado período. Por isso, a continuidade das estratégias aprendidas para perda de peso são fundamentais para manutenção do novo peso!! 

Ver itens ...
06-06-19

06-06-19 (0)

A realização regular de qualquer tipo de exercício reduz o risco de desenvolvimento de hipertensão arterial assim como auxilia na redução da pressão em pacientes em tratamento para a doença. Para indivíduos ativos, existe uma redução de 30% no risco de desenvolver hipertensão arterial em relação aos sedentários. Ainda, a prática regular de atividade física é capaz de reduzir desfechos cardiovasculares, como infarto do miocárdio, independente da perda de peso!

Ver itens ...
25-08-2020

25-08-2020 (0)

Dentre os fatores de risco modificáveis para controle da pressão arterial (alimentação, redução do sódio, exercícios, consumo moderado de álcool e perda de peso), o emagrecimento é o que apresenta maior influência sobre a redução da pressão arterial. Para cada redução de 5% no peso, existe uma redução de 20 a 30% na pressão arterial!!!

Ver itens ...
25-08-2020

25-08-2020 (0)

Dentre os fatores de risco modificáveis para controle da pressão arterial (alimentação, redução do sódio, exercícios, consumo moderado de álcool e perda de peso), o emagrecimento é o que apresenta maior influência sobre a redução da pressão arterial. Para cada redução de 5% no peso, existe uma redução de 20 a 30% na pressão arterial!!!

Ver itens ...
25-08-2020

25-08-2020 (0)

Dentre os fatores de risco modificáveis para controle da pressão arterial (alimentação, redução do sódio, exercícios, consumo moderado de álcool e perda de peso), o emagrecimento é o que apresenta maior influência sobre a redução da pressão arterial. Para cada redução de 5% no peso, existe uma redução de 20 a 30% na pressão arterial!!!

Ver itens ...

21-03-21

O sal do Himalaia é considerado um sal integral pois não é submetido ao processo de refino, nem apresenta adição de iodo. No Brasil, a adição do iodo ao sal é obrigatória desde a década de 70 para evitar doenças na tireoide, como o bócio. Por isso, todos os sais produzidos no Brasil contêm iodo, o que nem sempre ocorre com os sais gourmets importados, tais como o sal do Himalaia.
Compartilhe nas redes sociais:

14-03-21

Entenda que não existem alimentos “permitidos” e alimentos “proibidos”. Simplesmente alguns alimentos você poderá comer mais e outros, menos! O segredo está em encontrar o equilíbrio!
Compartilhe nas redes sociais:

07-03-21

Para aquisição de um novo hábito é necessário a repetição constante de um comportamento e nem sempre você estará motivado para isso, por isso precisa aprender a ter disciplina! Os resultados aparecem quando se tem constância e, para manter a constância, você precisa de disciplina muito mais do que de motivação!
Compartilhe nas redes sociais:

27-02-21

Ter disciplina é conseguir obedecer a si mesmo, executando as tarefas a que você se propôs sem se utilizar de desculpas, mesmo que elas sejam verdadeiras. Comece agora! A motivação vem depois! ;-)
Compartilhe nas redes sociais:

20-02-21

Quando comemos sentado, devagar e prestando atenção você: - terá mais consciência do quanto está comendo realmente - desfrutará mais daquilo que está comendo, ao perceber melhor o sabor e a textura dos alimentos - terá mais satisfação visual ao ver a comida toda arrumada no prato - terá mais satisfação física, uma vez que comer devagar faz com que o cérebro emita sinais de saciedade antes que você coma em excesso!
Compartilhe nas redes sociais:

13-02-21

A água com gás contém mais sódio? MITO. O processo de gaseificação da água não contempla a adição de sódio. A quantidade de sódio varia de acordo com as diferentes marcas de água mineral. Conforme dados divulgados pela Associação Brasileira de Indústria de Água Mineral (ABINAM), o teor de sódio entre as 13 marcas analisadas variou de 6 a 100 mg/L, sendo essa variação dependente de caraterísticas do solo e da profundidade do aquífero de onde a água é extraída. E, antes que surjam preocupações excessivas, considerando a marca com maior teor de sódio, o consumo de uma garrafa de 500 ml corresponde a apenas 2% das necessidades diárias deste mineral!
Compartilhe nas redes sociais:

06-02-21

Você sabia que a adoção da dieta mediterrânea, que consiste no consumo regular de frutas e vegetais, grãos, carboidratos integrais, oleaginosas, azeite de oliva e peixe tem mostrado efeito protetor contra todos os estágios da doença hepática gordurosa não alcoólica, incluindo redução do risco de cirrose e câncer de fígado?
Compartilhe nas redes sociais:

30-01-21

Pacientes que não consomem laticínios e derivados deveriam aumentar seu aporte de cálcio de outros alimentos. Quando a ingestão encontra-se insuficiente de acordo com a faixa etária, a suplementação de cálcio faz-se necessária.
Compartilhe nas redes sociais:

23-01-21

O consumo regular de 2 a 3 xícaras de café passado por dia deve ser encorajado em pacientes em risco de ou já com doença hepática instalada pelo seu benefício comprovado em redução da inflamação, fibrose e menor risco de câncer de fígado!!
Compartilhe nas redes sociais:

16-01-21

Você sabia que uma dieta rica em potássio pode acarretar uma diminuição de aproximadamente 5 mmHg na pressão sistólica e 3 mmHg na diastólica? E esse efeito hipotensor pode ser potencializado quando ocorre uma redução simultânea da ingestão de sódio, que idealmente deve ficar em 5 gramas de sal por dia (ou 2 gramas de sódio).
Compartilhe nas redes sociais:

09-01-21

Água com gás hidrata tanto quanto a sem gás? VERDADE. De acordo com um estudo realizado para avaliar o poder de hidratação de diferentes bebidas, o consumo de água com ou sem gás produziu o mesmo grau de hidratação quando ingeridas nas mesmas quantidades.
Compartilhe nas redes sociais:

02-01-2021

Você sabia que a gordura visceral ou abdominal está intimamente relacionada às complicações metabólicas associadas ao excesso de peso, tais como doenças cardiovasculares, diabetes tipo 2, hipertensão e síndrome metabólica? E esse tipo de gordura muito bem à prática regular de exercícios! Uma perda de 5% do peso através de dieta reduz a gordura visceral em 13%, enquanto com exercício a perda alcança 21%!
Compartilhe nas redes sociais:

12-12-2020

Nesse final de ano, cuide com ingestão de bebidas alcoólicas! Não significa que você não possa beber nessa época. Simplesmente tente controlar a quantidade ingerida, intercalando a bebida com água. Planeje antecipadamente o quanto irá beber. Evite que sirvam enquanto o copo ainda não está vazio. Evite também coquetéis doces, preparados com açúcar, pois contêm uma quantidade grande de calorias sem dar saciedade. Além disso, quanto maior a ingestão de bebida alcoólica, maior a chance de exagerar no que você come.
Compartilhe nas redes sociais:

05-12-2020

“A genética carrega a arma. O ambiente aperta o gatilho!” George Bray Apesar de ter um componente genético para o seu surgimento, o gatilho da obesidade está no ambiente! Isso significa que o meio em que vivemos influencia, em muito, as nossas escolhas e hábitos de vida! Aproveite esse momento do ano mais reflexivo para repensar as suas prioridades e escolhas! Como você se vê em 20 anos? 
Compartilhe nas redes sociais:

29-11-2020

Qual a melhor estratégia para reduzir a gordura visceral? Indivíduos que realizam dieta mais atividade física perdem gordura visceral numa maior proporção em relação àqueles que fazem apenas dieta.
Compartilhe nas redes sociais:

22-11-2020

Indivíduos com obesidade estão em maior risco de desenvolver asma, assim como a asma pode predispor à obesidade e a obesidade pode piorar o curso clínico da asma.A maioria dos estudos sugere que o desenvolvimento de obesidade em indivíduos com diagnóstico prévio de asma modifica a evolução da doença, aumentando a gravidade da mesma e reduzindo a resposta ao tratamento.A boa notícia é que uma perda modesta de 5 a 10% do peso corporal é suficiente para induzir melhora significativa dos sintomas e da qualidade de vida dos pacientes com asma.
Compartilhe nas redes sociais:

15-11-2020

Você sabia que a maioria das mulheres com diagnóstico de diabetes gestacional consegue controlar a glicemia apenas cuidando da alimentação e realizando exercícios regularmente?
Compartilhe nas redes sociais:

08-11-2020

Por que ocorrem variações do peso ao longo do dia? Essas oscilações podem variar de 1 a 2 kg entre o peso da manhã e o da noite. Desde ingestão de água, alimentos, bexiga cheia, intestino preso, são alguns dos fatores que influenciam no peso. Por isso, o ideal é pesar-se sempre pela manhã, em jejum, sem roupas e após ir ao banheiro. Esse peso é mais estável e confiável!
Compartilhe nas redes sociais:

01-11-2020

O uso de biotina em fórmulas para melhorar o cabelo, a pele e as unhas tem sido cada vez mais comum. A biotina é uma vitamina do complexo B, também conhecida como vitamina B7, que, quando em alta concentração, pode interferir na dosagem de diversos hormônios, incluindo aqueles que avaliam o funcionamento da tireoide. Por isso, converse com o seu endocrinologista antes de realizar qualquer avaliação hormonal!
Compartilhe nas redes sociais:

26-10-2020

Você sabia que a nossa massa muscular começa a diminuir após a 4ª década de vida? Estima-se que, após os 50 anos, esta perda é, em média, de 1 a 2% ao ano!Por isso, como medida preventiva, a prática regular de exercícios, além dos cuidados com a alimentação, deve começar o quanto antes, preferencialmente na juventude!
Compartilhe nas redes sociais:
Pagina 2 de 15

  R. Dona Laura, 333/ 906, Moinhos de Vento - Porto Alegre/ RS  |     (51) 99600-2233  |    contato@endocrinologistamilene.med.br

© 2021 Dra. Milene Moehlecke. Desenvolvido por Informatiza Soluções Empresariais em parceria com a Agência Digital Public