(51) 3517-2003  |    (51) 99600-2233   |      contato@endocrinologistamilene.med.br   |   

Dica da Semana

Sub-categorias

23-05-19

23-05-19 (0)

Mulheres tentando engravidar, gestantes e mulheres que estão amamentando não devem receber nenhuma medicação para perda de peso pelo risco de complicações para o bebê!

Ver itens ...
30-05-19

30-05-19 (0)

Quanto tempo o corpo precisa para se acostumar ao novo peso? Embora a medicina seja uma ciência de verdades transitórias, o que podemos afirmar até o momento, baseado nos estudos de até 6 anos de acompanhamento após a perda de peso inicial é que as alterações hormonais responsáveis pelo aumento do apetite e pela redução do gasto energético parecem persistir ao longo do tempo, sem adaptação após determinado período. Por isso, a continuidade das estratégias aprendidas para perda de peso são fundamentais para manutenção do novo peso!! 

Ver itens ...
06-06-19

06-06-19 (0)

A realização regular de qualquer tipo de exercício reduz o risco de desenvolvimento de hipertensão arterial assim como auxilia na redução da pressão em pacientes em tratamento para a doença. Para indivíduos ativos, existe uma redução de 30% no risco de desenvolver hipertensão arterial em relação aos sedentários. Ainda, a prática regular de atividade física é capaz de reduzir desfechos cardiovasculares, como infarto do miocárdio, independente da perda de peso!

Ver itens ...

23-08-2018

Confira a seguir cinco dicas para maior chance de manutenção do peso no longo prazo: 1. Autopesagem regular (1 ou 2 vezes por semana); 2. Maior nível de exercício físico (aproximadamente 1 hora por dia); 3. Manutenção de uma dieta hipocalórica, com manutenção do padrão alimentar relativamente semelhante entre a semana e nos finais de semana; 4. Ingestão regular de café da manhã e 5. Tempo em frente à TV inferior a 10 horas por semana.
Compartilhe nas redes sociais:

16-08-2018

Embora o exercício físico tenha pouco efeito sobre a perda de peso, ele assume um papel fundamental na manutenção do peso perdido no longo prazo, além de benefícios inquestionáveis sobre a redução de risco cardiovascular! As evidências sugerem que aproximadamente 300 minutos semanais sejam necessários para manutenção do novo peso. Já para saúde cardiovascular, não há um mínimo necessário para se obter o benefício! Ou seja, qualquer esforço é válido!
Compartilhe nas redes sociais:

09-08-2018

A dosagem rotineira de testosterona em mulheres não é recomendada tendo em vista a falta de correlação entre os sintomas, tais como redução da libido, falta de energia, cansaço, com os níveis hormonais. Além disso, os níveis de testosterona variam de acordo com o ciclo menstrual, estado reprodutivo e horário da coleta. A dosagem deve ser feita apenas em condições onde o excesso de andrógenos (hormônios masculinos) são suspeitadas!
Compartilhe nas redes sociais:

03-08-2018

Não existe uma estratégia única ou medicação específica que deva ser recomendada rotineiramente para todos os pacientes com excesso de peso. É necessária uma avaliação criteriosa quanto à rotina alimentar e de exercícios, alterações de humor, presença de complicações ou doenças associadas à obesidade e possibilidade de efeitos colaterais de cada fármaco. Ainda, a não resposta a um determinado medicamento no passado não inviabiliza o seu uso futuramente.
Compartilhe nas redes sociais:

27-07-2018

O tratamento farmacológico da obesidade só se justifica quando associado à reeducação alimentar e a mudanças no estilo de vida. As medicações para perda de peso ajudam a melhorar a adesão do paciente a estas mudanças (nutricionais e comportamentais). Portanto, as medicações aumentam a chance de sucesso do tratamento, mas não funcionam sozinhas!
Compartilhe nas redes sociais:

20-07-2018

Se você estiver se sentindo privado com o seu plano alimentar é porque a sua dieta não é do tipo que possa se tornar um hábito para toda a vida. É preciso desenvolver um novo modo de pensar sobre seu relacionamento com a comida e passar da sensação de privação para a de satisfação.
Compartilhe nas redes sociais:

13-07-2018

Coma mais devagar e concentre-se em saborear cada garfada. Aprecie a visão, o aroma, o sabor e a textura dos alimentos. É mais fácil fazer isso se você sentar, sem assistir à televisão, ler ou trabalhar enquanto se alimenta.
Compartilhe nas redes sociais:

06-07-2018

Para ser bem sucedido no emagrecimento, é necessário um acompanhamento regular no longo prazo com profissionais experientes no manejo da obesidade. Sendo uma habilidade, o controle do peso requer tempo e experiência, além de muita prática para desenvolver novos comportamentos e capacidades.
Compartilhe nas redes sociais:

29-06-2018

A tendência após a perda de peso é um aumento do apetite, sobretudo por alimentos densamente calóricos. Por isso, é de suma importância que o paciente diminua sua exposição a condições que facilitem a alimentação excessiva, como por exemplo, ir a um rodízio de pizza (prefira a la carte), colocar as panelas à mesa (sirva seu prato e depois sente-se à mesa apenas com ele), não guardar "lanches especiais" para receber visitas.
Compartilhe nas redes sociais:

22-06-2018

Você está em um tratamento para perda de peso e não está mais conseguindo perder peso conforme o esperado? Uma das causas mais comuns para a ausência de perda de peso é a subestimação das porções ingeridas. Nesse sentido, o registro alimentar aumenta a consciência do paciente sobre seu padrão inadequado de alimentação bem como sobre sua ingestão calórica total. Além de aumentar a atenção, o registro facilita a identificação das circunstâncias em que os comportamentos inadequados ocorrem.
Compartilhe nas redes sociais:

15-06-2018

Para pacientes com diabetes em uso de insulina, o rodízio nos locais de aplicação da insulina é importante para evitar a formação de "nódulos" no tecido subcutâneo (conhecidos como lipodistrofia) e consequentemente piora do controle glicêmico. Por isso, é recomendado evitar o mesmo ponto de aplicação durante 14 dias, tempo necessário para cicatrizar e prevenir a lipodistrofia.
Compartilhe nas redes sociais:

08-06-2018

Pacientes com diabetes tipo 2 devem realizar avaliação de complicações oftalmológicas, como retinopatia diabética, quando do diagnóstico da doença e após anualmente, mesmo na ausência de sintomas visuais!
Compartilhe nas redes sociais:

01-06-2018

Pacientes com diabetes apresentam maior risco de infecção pneumocócica grave e complicações decorrentes do vírus influenza, como pneumonia bacteriana. Por isso, é recomendada vacina contra influenza anualmente e contra pneumoco em dose única para todos os pacientes com diabetes acima de 65 anos. Importante ressaltar que não existem níveis glicêmicos que contra-indiquem a vacinação!
Compartilhe nas redes sociais:

25-05-2018

O consumo moderado de bebida alcoólica entre indivíduos com diabetes não é contra-indicado. Entretanto, a ingestão de álcool pode aumentar o risco de hipoglicemia entre aqueles em uso de insulina e de hiperglicemia para aqueles com consumo excessivo.
Compartilhe nas redes sociais:

18-05-2018

Você sabia que a adoção da dieta DASH (Dietary Approach to Stop Hypertension) é capaz de reduzir a pressão arterial entre 8 a 14 mmHg? Esta abordagem dietética consiste em incentivar o consumo de legumes, vegetais e frutas, assim como cereais integrais, carnes magras (peixes e frango), oleaginosas, produtos lácteos com teor reduzido de gorduras, assim como uma ingestão de sal inferior a 6 gramas por dia.
Compartilhe nas redes sociais:

04-05-2018

Você sabia que a obtenção de um pico máximo de massa óssea é considerada a melhor proteção contra a perda óssea relacionada à idade? O pico de massa óssea ocorre por volta dos 20 anos de idade e é influenciado pela genética e por fatores ambientais, como uma alimentação rica em cálcio e a realização de atividade física. Exercícios com carga, como a musculação, ou impacto, como uma caminhada, estão associados a maior formação de massa óssea.
Compartilhe nas redes sociais:

27-04-2018

A genética é um fator importante mas não determinante do ganho de peso na grande maioria dos casos; ou seja, indivíduos geneticamente predispostos necessitam ser expostos a uma alimentação rica em alimentos ultraprocessados e a um baixo nível de atividade física para desenvolverem a obesidade!
Compartilhe nas redes sociais:

19-04-2018

Os óleos vegetais (de soja, milho, canola e girassol) são óleos refinados que, quando expostos a elevadas temperaturas, produzem radicais livres prejudiciais à saúde. Além disso, o refinamento do óleo reduz a quantidade de compostos fenólicos com propriedades antioxidantes. Portanto, para cozimento, dê preferência aos azeites de oliva.
Compartilhe nas redes sociais:

12-04-2018

Para maior chance de manutenção do peso após uma perda inicial com reeducação alimentar, a quantidade mínima de exercício físico é maior, sendo necessários 200 a 300 minutos por semana, em decorrência da redução do metabolismo basal após o emagrecimento.
Compartilhe nas redes sociais:

05-04-2018

Para crianças com excesso de peso, atividades que envolvam os pais e o ambiente doméstico são mais efetivas para promover e manter a perda de peso.
Compartilhe nas redes sociais:
Pagina 4 de 11

  R. Dona Laura, 333/ 906, Moinhos de Vento - Porto Alegre/ RS  |     (51) 3517-2003  |     (51) 99600-2233  |    contato@endocrinologistamilene.med.br

© 2019 Dra. Milene Moehlecke. Desenvolvido por Informatiza Soluções Empresariais em parceria com a Agência Digital Public