(51) 3517-2003  |    (51) 99600-2233   |      contato@endocrinologistamilene.med.br   |   

Dica da Semana

Sub-categorias

23-05-19

23-05-19 (0)

Mulheres tentando engravidar, gestantes e mulheres que estão amamentando não devem receber nenhuma medicação para perda de peso pelo risco de complicações para o bebê!

Ver itens ...
30-05-19

30-05-19 (0)

Quanto tempo o corpo precisa para se acostumar ao novo peso? Embora a medicina seja uma ciência de verdades transitórias, o que podemos afirmar até o momento, baseado nos estudos de até 6 anos de acompanhamento após a perda de peso inicial é que as alterações hormonais responsáveis pelo aumento do apetite e pela redução do gasto energético parecem persistir ao longo do tempo, sem adaptação após determinado período. Por isso, a continuidade das estratégias aprendidas para perda de peso são fundamentais para manutenção do novo peso!! 

Ver itens ...
06-06-19

06-06-19 (0)

A realização regular de qualquer tipo de exercício reduz o risco de desenvolvimento de hipertensão arterial assim como auxilia na redução da pressão em pacientes em tratamento para a doença. Para indivíduos ativos, existe uma redução de 30% no risco de desenvolver hipertensão arterial em relação aos sedentários. Ainda, a prática regular de atividade física é capaz de reduzir desfechos cardiovasculares, como infarto do miocárdio, independente da perda de peso!

Ver itens ...

29-03-2018

A banha de porco é saudável para consumo? Depende! A banha de porco oriunda de animais criados em sítios com uma alimentação diversificada contém gordura saturada (que eleva o colesterol ruim) e monoinsaturada (que eleva o colesterol bom). Entretanto, a banha de porco oriunda de animais criados com ração e vendida em supermercados contém diversos aditivos químicos e gordura poli-insaturada, uma gordura que, quando submetida a elevadas temperaturas, libera radicais livres prejudiciais à saúde.
Compartilhe nas redes sociais:

23-03-2018

Você sabe a diferença entre alimentos diet e light? Alimento diet é qualquer alimento isento de um determinado nutriente para atender a uma dieta específica. Já alimento light contém uma redução de pelo menos 25% de algum nutriente (gordura, proteína, carboidrato ou sódio).
Compartilhe nas redes sociais:

16-03-2018

Você mantém doces, biscoitos ou bolos em casa para quando receber visitas? Você nunca se questionou se a visita pode estar tentando controlar o peso assim como você? Então, oferecer refeições ou lanches saudáveis pode ser uma estratégia que indica boa hospitalidade!
Compartilhe nas redes sociais:

09-03-2018

Restrinja a disponibilidade de alimentos durante a refeição! Não coma diretamente de potes, travessas ou panelas. Sirva a porção prescrita no prato e guarde em seguida o restante. Comer com os alimentos sobre a mesa, por exemplo, aumenta a probabilidade de servir-se novamente ou mais do que o necessário!
Compartilhe nas redes sociais:

02-03-2018

Você consome amendoim, pasta de amendoim ou paçoca de amendoim? Se a resposta for sim, fique atento na hora de escolher o produto. O amendoim pode estar contaminado com aflatoxinas, uma espécie de fungo que pode causar câncer de fígado. Para certificar-se de que você está adquirindo um produto sem estas aflatoxinas, preste atenção se ele contém o Selo Pró-Amendoim, conferido às empresas que atendem aos requisitos da legislação e fabricam produtos à base de amendoim totalmente seguro!
Compartilhe nas redes sociais:

22-02-2018

O consumo regular de peixe, 2 vezes por semana, reduz o risco de doença coronariana e de AVC, por ser uma fonte rica em ácidos graxos poli-insarurados (ômega 3) com efeito cardioprotetor.
Compartilhe nas redes sociais:

15-02-2018

Uma alimentação rica em potássio contribui para o controle da pressão arterial, reduzindo o risco de doenças cardiovasculares, como infarto do miocárdio e AVC. A OMS recomenda uma ingestão de pelo menos 3.500 mg de potássio por dia. Alimentos ricos em potássio incluem: feijão e ervilhas, nozes, sementes de girassol, leite e derivados lácteos, vegetais como espinafre, repolho e salsa e frutas como banana, papaia, laranja, romã, manga, kiwi, dentre outras.
Compartilhe nas redes sociais:

08-02-2018

Para pacientes com osteopenia ou osteoporose, uma ingestão adequada de cálcio é fundamental para minimizar a perda de massa óssea. O cálcio da alimentação é preferível ao sintético. Para pacientes que necessitem fazer reposição de cálcio, a ingestão do comprimido junto às refeições otimiza a sua absorção!
Compartilhe nas redes sociais:

02-02-2018

Um consumo elevado de sal está associado a maior risco de hipertensão arterial e a complicações associadas como acidente vascular cerebral, infarto do miocárdio e morte. A dose diária recomendada de cloreto de sódio (sal) é de 6 gramas ao dia (ou ~2 gramas do elemento sódio), equivalente a uma colher de chá! Uma sugestão é substituir o sal comum pelo light, que contém menor teor de sódio na mesma quantidade.
Compartilhe nas redes sociais:

26-01-2018

Pacientes com diabetes não apresentam contra-indicação à vacina contra a febre amarela. Contra-indicações gerais incluem alergia a componentes da vacina ou doença febril aguda grave. Pacientes com diabetes descompensado devem ser avaliados individualmente quanto ao risco de exposição ao vírus da febre amarela e o risco da vacina com vírus vivo atenuado.
Compartilhe nas redes sociais:

19-01-2018

Pacientes com indicação de uso de medicações que usualmente possam interferir no funcionamento da tireoide, tais como lítio para transtornos de humor, interferon-α para hepatite C e amiodarona para arritmias, devem fazer uma avaliação antes de iniciar com a medicação e durante o tratamento, com reavaliações de acordo com a medicação e o resultado dos exames iniciais.
Compartilhe nas redes sociais:

12-01-2018

Tomar água junto às refeições tem algum impacto sobre o peso? Ingerir água (cerca de 2 copos ou ~500 ml), 30 a 60 minutos antes das refeições, tem sido associada a uma maior redução de peso (cerca de 1 kg), especialmente entre indivíduos com mais de 55 anos! Já a ingestão de água imediatamente antes ou durante as refeições tem mostrado resultados mais discretos e heterogêneos.
Compartilhe nas redes sociais:

02-01-2018

É sabido que existe uma perda progressiva de massa muscular (conhecida como sarcopenia) com a idade. Por isso, uma ingestão adequada de proteínas ajuda a minimizar esta perda, sobretudo em idosos. Boas fontes de proteínas de alta qualidade podem ser encontradas no salmão, frango, feijão, leite e iogurte desnatados. Além disso, para que ocorra uma síntese de massa muscular mais adequada, nosso organismo necessita de aproximadamente 20 a 30 gramas de proteína por refeição.
Compartilhe nas redes sociais:

22-12-2017

Emagrecer é um processo que envolve mudanças no estilo de vida com aquisição de hábitos saudáveis! Hábito é todo comportamento que, se repetido regularmente, pode ser adquirido ou modificado desde que mantido! Aproveite o final de ano para repensar suas escolhas, reavaliar suas prioridades e retomar o caminho com novas perspectivas.
Compartilhe nas redes sociais:

14-12-2017

Uma perda de 5% do peso inicial, desde que mantida no longo prazo, é capaz de reduzir o surgimento de uma série de doenças crônicas, como diabetes tipo 2, hipertensão arterial, gordura no fígado, doença cardíaca e isquemia cerebral. Ainda, quanto maior o peso perdido, maior a redução de risco!
Compartilhe nas redes sociais:

07-12-2017

O consumo regular de farelo de aveia está associado a uma redução aproximada de 5% nos níveis do LDL (colesterol ruim)!
Compartilhe nas redes sociais:

30-11-2017

Perder e manter um peso saudável requer mudanças de comportamento associadas à reeducação alimentar. A seguir, 3 dicas para melhorar o comportamento: 1. Durante uma refeição, sente-se para comer (já está provado que, quando comemos de pé, comemos em maior quantidade por impulso); 2. Tente reduzir as fontes de distração como TV, celular, tablets, etc e saboreie com calma a comida! 3. Repouse os talheres durante a refeição, o que lhe ajudará a comer mais devagar.
Compartilhe nas redes sociais:

23-11-2017

Comece uma refeição com um prato de legumes cozidos, uma sopa de legumes ou uma salada! Começar a refeição com estas opções auxilia na sensação de plenitude (estufamento) por conter um volume maior, ajudando a encher o estômago sem fornecer muitas calorias.
Compartilhe nas redes sociais:

16-11-2017

Como diminuir a vontade por doces? A adição de alimentos ricos em gordura insaturada, como nozes, abacate ou peixe, no almoço pode reduzir aquela vontade por doces no final do dia! Outra dica é comer uma fruta ou algo mais doce no início ou durante a refeição e finalizá-la com uma proteína ou gordura. A sobremesa pode deixar você querendo mais pelo aspecto da adição ao doce. Finalizar a refeição com um alimento com maior teor de proteína ou gordura reduzirá a vontade por doce no final do dia!
Compartilhe nas redes sociais:

10-11-2017

Quantas horas por dia você permanece sentado? Conforme um estudo recente, ficar sentado entre 8 a 11 horas por dia aumenta a mortalidade geral em 15%, podendo chegar a 40% em pacientes que permanecem sentados por mais de 11 horas por dia!
Compartilhe nas redes sociais:
Pagina 5 de 11

  R. Dona Laura, 333/ 906, Moinhos de Vento - Porto Alegre/ RS  |     (51) 3517-2003  |     (51) 99600-2233  |    contato@endocrinologistamilene.med.br

© 2019 Dra. Milene Moehlecke. Desenvolvido por Informatiza Soluções Empresariais em parceria com a Agência Digital Public