(51) 99600-2233   |      contato@endocrinologistamilene.med.br   |   

Artigos

Quarta, 03 Fevereiro 2021 10:01

Mitos e Verdades sobre a Água com gás Destaque

Avalie este item
(2 votos)

Quando o assunto é hidratação, é comum muitos questionamentos quanto ao consumo de água com gás!

A água com gás é produzida a partir da adição de dióxido de carbono (CO2) sob pressão, resultando em uma água gaseificada contendo ácido carbônico, que é um ácido fraco.

A seguir, confira as dúvidas mais frequentes sobre o consumo de água com gás!

 

1. Água com gás hidrata tanto quanto a sem gás?

VERDADE. De acordo com um estudo realizado para avaliar o poder de hidratação de diferentes bebidas, o consumo de água com ou sem gás produziu o mesmo grau de hidratação quando ingeridas nas mesmas quantidades.

 

2. Água com gás contém mais sódio?

MITO. O processo de gaseificação da água não contempla a adição de sódio. A quantidade de sódio varia de acordo com as diferentes marcas de água mineral. Conforme dados divulgados pela Associação Brasileira de Indústria de Água Mineral (ABINAM), o teor de sódio entre as 13 marcas analisadas variou de 6 a 100 mg/L, sendo essa variação dependente de caraterísticas do solo e da profundidade do aquífero de onde a água é extraída. E, antes que surjam preocupações excessivas, considerando a marca com maior teor de sódio, o consumo de uma garrafa de 500 ml corresponde a apenas 2% das necessidades diárias deste mineral!

 

3. Água com gás pode ser uma aliada em quem quer controlar o peso?

VERDADE. O consumo de água, com ou sem gás, especialmente antes ou durante as refeições, contribui para uma menor ingestão de calorias em decorrência da maior sensação de saciedade. Especificamente em relação à água gaseificada, estudos com pequeno número de participantes sugerem que a ingestão regular desta água pode contribuir para o controle do peso uma vez que a leve distensão abdominal induzida pelo gás associa-se a maior sensação de plenitude.

Além disso, a ingestão de água com gás, bebida livre de açúcares e calorias, pode ser um incentivo àqueles que estão tentando reduzir ou parar com o consumo de refrigerantes.

 

4. Água com gás pode ser prejudicial aos dentes?

MITO. Embora a água com gás tenha um pH ligeiramente menor em relação à água sem gás, as evidências disponíveis até o momento não sugerem um potencial erosivo ao esmalte dentário, diferentemente das águas saborizadas artificialmente e dos refrigerantes, que possuem um pH mais ácido.

 

 

Ref. Am J Clin Nutr 2016 Mar;103(3):717-23

Compartilhe nas redes sociais:
Lido 315 vezes Última modificação em Sábado, 20 Fevereiro 2021 16:43

  R. Dona Laura, 333/ 906, Moinhos de Vento - Porto Alegre/ RS  |     (51) 99600-2233  |    contato@endocrinologistamilene.med.br

© 2021 Dra. Milene Moehlecke. Desenvolvido por Informatiza Soluções Empresariais em parceria com a Agência Digital Public